7 Dicas para Tocar Teclado com Partitura

Dicas-para-Tocar-Teclado-com-Partitura

Muita gente que ama música acha que tocar teclado com partitura é uma tarefa muito difícil. Afinal, como memorizar o que significa cada um dos símbolos e conseguir interpretá-los, de forma rápida, para tocar melodias?

Mas, apesar de parecer complexa, essa tarefa não é impossível. Com muita prática e dedicação, você conseguirá interpretar qualquer partitura com facilidade.

Para lhe ajudar, separamos nesse post sete dicas e truques para você tocar teclado com partitura. Confira abaixo!!!

Dicas para tocar teclado com partitura

  1. Aprenda uma coisa de cada vez

Não tente aprender a tocar teclado com partitura estudando várias matérias e conteúdos de uma única vez. Seu cérebro precisa de tempo para assimilar e memorizas os símbolos, então, estude um pouco a cada dia.

Apenas umas 4 ou cinco notas por vez. Assim, você perceberá que o seu aprendizado está evoluindo gradativamente e, quando menos esperar, estará tocando teclado com partitura como um profissional.

  Veja também: Como Tocar Teclado no PC: Confira Dicas e Programas

  1. Comece pelas músicas simples

Outra dica para você tocar teclado com partitura é começar pelas músicas simples, ou seja, aquelas mais básicas. Músicas infantis, por exemplo, são excelentes opções, pois são mais fáceis de memorizar.

Você deve conseguir tocar a música, interpretando a partitura, em menos de uma hora. Conforme suas habilidades forem aumentando, também aumente a dificuldade das músicas.

  1. Pratique em slow

Quando você vai aprender a dirigir, você primeiro engata a primeira para depois ir subindo de marcha. Essa mesma regra vale na hora de tocar teclado com partitura.

Não adianta tentar tocar músicas em um ritmo acelerado sendo que você ainda está aprendendo a interpretar os símbolos. Comece a sua leitura de forma lenta, e vá aumentando a velocidade conforme o seu próprio ritmo.

Dessa forma, ficará mais fácil identificar erros e corrigi-los.

  1. Não confunda tempo com compasso

Esse é um erro muito comum entre as pessoas que estão iniciando, mas que faz toda a diferença. O tempo é a pulsação da música, a batida dela. É quando você começa a bater o pé no mesmo ritmo que o som da música. Na partitura, o tempo é representado por frações: 4/4, 2/4, 3/4 e etc.

Agora, o compasso são as partes da música. Os compassos são identificados por travessões e barras, acompanhados das frações de tempo. Eles são coisas distintas, mas que precisam ser avaliadas de forma conjunta na hora de tocar teclado com partitura.

==> Aprenda tocar teclado do zero absoluto! Conheça a técnica do mestre William! <==

  1. Escolha músicas que você gosta

O seu cérebro memorizará e assimilará melhor os símbolos se você escolher uma música que gosta. Então, busque em sites de cifras e partituras e comece a treinar em cima delas. Você verá que fazendo dessa forma, o seu aprendizado será bem mais fácil.

  1. Veja vídeos com partituras

Existem vários tutoriais em vídeo de como tocar teclado. Ao invés de procurar aqueles que só tem a música em si, busque por conteúdos que também tenham a partitura.

Assim, você conseguirá acompanhar de forma simultânea e poderá identificar os símbolos com mais facilidade.

  1. Utilize a técnica de sight-reading

A última dica para Teclado com Partitura é utilizar a técnica de sight-reading. Ela consiste basicamente, de você tocar uma música sem nunca ter estudado a partitura.

Esse é um excelente exercício para a memorização do cérebro e dos movimentos. Aas lembre-se, você precisará de uma partitura nova sempre que for usar a técnica.